Sobre o LELPrat

O Laboratório de Estudos de Linguagem e Práticas de Tradução é uma iniciativa do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de São Paulo.

 

À comunidade acadêmica da UNIFESP, aos estudantes da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, assim como aos professores e estudantes do ensino médio, o LELPraT visa oferecer um ambiente institucional consistente com o estudo e a elaboração de reflexões teóricas sobre a atividade de tradução.

Por meio de trabalhos ligados à especialidade de seus membros e dirigidos para o aprimoramento de práticas de tradução, o LELPraT promove contato com línguas estrangeiras (grego antigo, latim, alemão, árabe, espanhol, francês, inglês, italiano, russo), em Oficinas de Tradução, Ciclo de Conferências, Minicursos, Jornadas, Seminários e Colóquios.

 

Partindo do pressuposto de que esta atividade universitária constitui elemento fundamental para a formação em humanidades, o LELPraT se propõe a investigar a relevância filosófica do trabalho de tradução para língua portuguesa do Brasil, especialmente, na circunscrição e ressemantização de campos temáticos de pesquisa, no levantamento de questões léxicas e conceituais, no estudo de estruturas sintáticas e procedimentos estilísticos, na formulação de problemas atinentes à filosofia da linguagem, à hermenêutica, à retórica e à dialética.